Retrospectiva Artigos 2011

Preocupações? (18/05/11)

A força e a dignidade são os seus vestidos, e, quanto ao dia de amanhã, não tem preocupações. (Provérbios 31.25).

Não há pessoa em todo o mundo que possa se vangloriar de nunca ter tido qualquer preocupação, e tais quase sempre difíceis de carregar.  É nesse momento que nossas emoções ficam desequilibradas, e ficam em jogo a paz e a segurança, e ficamos com a sensação de que fomos dominados elas e confundimos nosso raciocínio.

Isso é muito perigoso, cuidado! O resultado é irritabilidade, irracibilidade e mal humor, e até mesmo isolamento. A bíblia nos ensina a sermos amáveis com todos sempre que depender de nós, e cuidarmos do nosso interior. Entrega ao Senhor todas as sua preocupações, com certeza vai estar em boas mãos.

By: Presbítero Heleonato Gobbo—IEC Vale Encantado


Por que Orar! (5/6/2011)

Todavia, as notícias a respeito dele se espalhavam ainda mais, de forma que multidões vinham para ouvi-lo e para serem curadas de suas doenças. Mas Jesus retirava-se para lugares solitários, e orava”. (Lucas 5. 15,16)

“Num daqueles dias, Jesus saiu para o monte a fim de orar, e passou a noite orando a Deus. Ao amanhecer, chamou seus discípulos e escolheu doze deles, a quem também designou apóstolos” (Lucas 6.12,13).

Jesus orava. Não somente isso, ele teve uma vida de oração. Ele não orava de qualquer jeito. Se observarmos todo o Evangelho, vemos que Jesus sempre dedicava um período de tempo especial para conversar com o Pai. Um dos textos bíblicos acima diz que Ele “se retirava para lugares solitários”, assim, se fosse preciso ele ia para o monte passar a noite orando.

O interessante é: Por que ou pra que Jesus orava tanto? Ele fazia isso para saber do Pai quais atitudes, decisões e escolhas certas que Ele deveria ter. Ele precisava disso? Não. Afinal, ele também é Deus. Mas Ele agiu assim para eu e você aprendermos com o exemplo dele e para sabermos que é isso que Ele espera de mim e de você.

Nos textos acima, há dois exemplos de situações em que Jesus se retirou para orar. Primeira, quando ele foi procurado pela multidão e segunda, quando ele foi escolher seus doze discípulos. Essas, além de outras passagens bíblicas que relatam orações de Jesus, provam que antes de cada decisão e de cada obra que Ele fez aqui na Terra, ele buscou a direção do Pai.

Quantas vezes, em nosso dia a dia, nós tomamos decisões no impulso, sem consultar a Deus e o deixamos de lado? Essa palavra veio tocar o meu coração, porque me lembrei das muitas vezes em que fiz isso. Às vezes fico exausta tentando fazer as coisas darem certo do meu jeito, sem pedir a direção do Pai.

A Bíblia diz em Romanos 12.2 que “a vontade de Deus é boa perfeita e agradável”. E tenho comprovado que isso é verdade, pois todas as vezes que oro a Ele e peço Sua direção, as coisas acontecem de uma maneira que notoriamente eu não faria sozinha.

Precisamos nos lembrar que Deus se lembra de nós todos os dias. Ele está disposto a nos ajudar em todas as nossas escolhas, sejam elas quais forem: no trabalho; em casa; na escolha de amigos; nos relacionamentos entre casais, sejam casados ou namorados; na vida financeira. Enfim, Deus nos conhece por inteiro e tem o melhor para tudo em nós. Se o buscarmos em oração, ele certamente nos atenderá. Pois Jesus disse: “Se vocês permanecerem em mim, e as minhas palavras permanecerem em vocês, pedirão o que quiserem, e lhes será concedido.” (João 15.7)

Fiquem na paz de Cristo, até a próxima!

By: Josiane Daniel (IEC Vale)


A Honra de Ser Mãe (8/5/2011)

“Adão deu à sua mulher o nome de Eva, pois ela seria mãe de toda a humanidade” Gênesis 3.20

Hoje celebramos um dia especial em homenagem às mães, que mais que ninguém, merecem mesmo que se celebre um dia em sua honra.

Certa vez, uma mãe sentindo um esgotamento físico e emocional, foi se consultar com um terapeuta. E logo que a mãe terminou de descrever como ia a sua vida, o terapeuta resumiu a história desse modo: “Toda pessoa possui 100% de energia; e a senhora investe 50% de suas energias no trabalho, e 50% em seu marido, e outros 50% em seus filhos. Essa é a questão!”.

A mãe está sempre fazendo mais… pena que o mundo atual não respeita o grande papel das mães. Todavia, Deus dá grande honra em ser mãe e Deus também convoca a todos a que honrem às mães. (…)

Um famoso pregador, de outra geração, teve quatro filhos, e todos também se tornaram pregadores. Já imaginou como devia ser o jantar na casa dele? Em certa ocasião, um visitante perguntou a um dos filhos quem era o melhor pregador da família, imaginando que o famoso pai fosse o indicado. Porém, sem pensar muito, o filho respondeu: “É minha mãe”

Você que é mãe tem uma grande oportunidade: a de pregar os princípios de Deus com sua vida, com seu exemplo e com seus conselhos à sua família.

Mãe: Deus a honrará por fazer isso.

By: Pr Walter Pacheco da Silveira


Firmes para Sua glória! (17/4/2011)

“Alguns confiam em carros e outros em cavalos, mas nós confiamos no nome do Senhor, o nosso Deus. Eles vacilam e caem, mas nós nos erguemos e estamos firmes.” Salmo 20.7-8

“Davi é conhecido por ser um homem “segundo o coração de Deus” (Atos 13.22), mas também foi um grande guerreiro que confiava piamente no Senhor e sempre o consultava para saber como proceder. É importante ressaltar que a confiança de Davi não estava em si mesmo, mas no Senhor. Igualmente devemos expressar tal segurança no Senhor, pois Ele tem cuidado de nós a cada dia. Como exemplo, temos os testemunhos dos nossos irmãos da Igreja Perseguida, que perseveram até em meio às ameaças, medos e prisões, mesmo que lhes custe a vida. O Senhor cumpre a sua palavra, nos dá força e está conosco não importam as circunstâncias. Ele nos mantêm firmes para a sua glória. Aleluia!”

As palavras acima são de Carla Priscilla Silva da Missão Portas Abertas, uma instituição de apoio aos irmãos que vivem em locais onde não há liberdade de culto e de pregação do evangelho. Diante disso, temos que dar graças ao Senhor todos os dias pelas lutas que passamos, porque apesar de tudo somos livres para adorá-lo. E seguirmos o exemplo de Davi e desses irmãos perseguidos: confiarmos no Senhor em qualquer circunstância e permanecermos firmes na presença dele.

By: Josiane Daniel (IEC Vale)


O cuidado de 
Deus (27/3/2011)

“Deus faz os dias bons e os maus para que o homem aprenda a depender só Dele!” Recebi essa frase em um e-mail, e vi que o que ela diz é verdade. Quando tudo vai bem, tendemos a nos tornar auto-suficientes e confiarmos somente em nossa própria força. Por isso, o Senhor permite “o dia mal”, porque somente podemos nos livrar dele, reconhecendo nossa dependência de Deus.

É como diz em Jó 36.15: “Mas Deus nos ensina por meio do sofrimento, e usa a aflição para abrir os nossos olhos.” (NTLH). Mas Deus não é nenhum malvado que fica só mandando aflições para nós. Provérbios 3:12 diz que “o Senhor corrige quem ele ama, assim como um pai corrige o filho a quem ele quer bem”. Ele nos corrige por amor, mesmo que seja necessário nosso sofrimento. Isso é meio complicado de entender, porque nossa visão é limitada. Deus enxerga além, ele nos ensina hoje para que o sofrimento não seja maior no futuro. E da mesma forma que ele permite o sofrimento, ele também provê o alívio: “Deus fere, mas ele mesmo faz o curativo; ele machuca, mas suas mãos curam”. (Jó 5.18 – NTLH).

É isso aí, se você está “em um dia mau”, meu irmão, para e pensa na sua vida. Por mais estranho e difícil que seja, mesmo que não exista um motivo aparente para o momento que você está vivendo, tem sempre alguma coisa pra gente aprender nessa hora. Então aproveita a oportunidade, ora e pede pra Ele te mostrar, talvez ele queira apenas te ensinar a confiar e ser dependente dele.

By: Josiane Daniel (IEC Vale)


Prazer em estar na casa de Deus (20/03/2011)

“Como eu amo o teu Templo, ó Senhor Todo-Poderoso! Como eu gostaria de estar ali! Tenho saudade dos pátios do Templo de Deus, o SENHOR. Com todo o meu ser, canto com alegria ao Deus vivo. Ó SENHOR Todo-Poderoso, meu Rei e meu Deus, perto dos teus altares os pardais constroem o seu ninho, e as andorinhas fazem a sua casa, onde cuidam dos seus filhotes. Felizes são os que moram na tua casa, sempre cantando louvores a ti! Felizes são aqueles que de ti recebem forças e que desejam andar pelas estradas que levam ao monte Sião! Quando eles passam pelo Vale das Lágrimas, ele fica cheio de fontes de água, e as primeiras chuvas o cobrem de bênçãos. Enquanto vão indo, a força deles vai aumentando; eles verão o Deus dos deuses em Sião. Escuta a minha oração, ó SENHOR, Deus Todo-Poderoso! Ouve-me, ó Deus de Jacó! Ó Deus, abençoa o nosso protetor, o rei que tu escolheste! É melhor passar um dia no teu Templo do que mil dias em qualquer outro lugar. Eu gostaria mais de ficar no portão de entrada da casa do meu Deus do que morar nas casas dos maus. O Senhor Deus é a nossa luz e o nosso escudo. Ele ama e honra os que fazem o que é certo e lhes dá tudo o que é bom. Ó SENHOR Todo-Poderoso, como são felizes aqueles que confiam em ti!” (Salmo 84 – NTLH)

O salmista diz que ama estar no Templo do Senhor. Naquela época, o Templo ficava em Jerusalém, e as pessoas de todo o país de Israel tinha que viajar até lá para ir à Casa de Deus; por isso, ele se queixa de saudades do Templo. Hoje, temos o templo perto de casa e podemos ir quantas vezes quisermos, mas não valorizamos isso. O salmista diz no v. 10: “É melhor um dia no Teu templo, do que mil dias em qualquer outro lugar”. Nós, muitas vezes trocamos um dia no templo por qualquer outra coisa: um indisposição, uma festa, um passeio, tarefas seculares (trabalho, escola), aquela preguiça; ou então nós até vamos ao Templo, mas o pensamento está em outro lugar. v. 11: “O Senhor Deus é a nossa luz e nosso escudo. Ele ama e honra os que fazem o que é certo e lhes dá tudo o que é bom”. Nós não precisamos gastar o tempo de estar na presença de Deus fazendo ou pensando outra coisa, porque tudo o que temos para fazer foi Ele quem deu, e se escolhermos sua presença em primeiro lugar, Ele certamente nos dará condições de cumprir as outras atividades. Devemos glorificar a Deus pelo templo onde nos reunimos, pois é um lugar separado para os encontros da igreja, sendo portanto, a Casa de Deus e devemos sentir prazer em estar ali.

By: Josiane Daniel (IEC Vale)


Especial de Aniversário (27/02/2011)

“Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu seu filho unigênito, para que todo aquele que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna.” (João 3.16)

Muitas pessoas vêem Deus como um ser superior, distante, ao qual fazem suas petições quando precisam e que está pronto pra nos castigar quando vacilamos. Mas o texto acima, que está na Bíblia em João 3.16, diz que “Deus amou o mundo de tal maneira…”

e eu pergunto: é possível amar tanto alguém e manterse tão distante? A Bíblia também diz que “Deus é amor” (I João 4.16), a essência e a perfeição do amor estão em Deus, Ele não só ama como é o amor. Se você ama alguém, você gosta de ficar perto dessa pessoa, conviver com ela e é prazeroso agradá-la. Então, o que pensar de um Deus que é amor e que expressou esse amor pelo mundo, inclusive por você e por mim, de tal maneira?

Deus espera que estejamos perto dele, que sejamos seus amigos e tenhamos um relacionamento de amizade com Ele. Jesus disse aos discípulos, e isso vale para nós hoje: “Ninguém tem maior amor do que este: de dar alguém a própria vida em favor dos seus amigos. Vós sois meus amigos, se fazeis o que eu vos mando. Já não vos chamo servos, porque o servo não sabe o que faz o seu senhor; mas tenho-vos chamado amigos, porque tudo quanto ouvi de meu Pai vos tenho dado a conhecer.” (João 15. 13 a 15); e isso somente é possível quando confessamos Jesus como nosso Senhor e Salvador e acreditamos e aceitamos o sacrifício do qual fala o texto inicial.

Negar o sacrifício de Cristo é rejeitar o amor de Deus e abrir mão de uma vida plena, ainda aqui nesse mundo, e também na eternidade, que só Ele pode nos dar. Jesus disse: “Eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância” (João 10.10) E esse amor é tão perfeito que ele não é imposto a ninguém, cada um de nós é livre para aceitá-lo ou não. Ninguém tem o direito de tomar essa decisão por você. Eu já fiz minha escolha, e aceitei a Cristo como Salvador. E você o que quer para sua vida? Qual sua escolha?

By: Josiane Daniel (IEC Vale)


A Graça Salvadora de Deus (20/02/2011)

“Pois Deus revelou a sua graça para dar a salvação a todos. Essa graça nos ensina a abandonarmos a descrença e as paixões mundanas e a vivermos neste mundo uma vida prudente, correta e dedicada a Deus, enquanto ficamos esperando o dia feliz em que aparecerá a glória do nosso grande Deus e Salvador Jesus Cristo. Foi ele quem se deu a si mesmo por nós, a fim de nos livrar de toda maldade e de nos purificar, fazendo de nós um povo que pertence somente a ele e que se dedica a fazer o bem”. (Tito 2.11-14)

Muitas pessoas olham para nós, cristãos, e não compreendem o nosso modo de vida. Olham para nós e não entendem como nós podemos viver longe de coisas que, para eles, são essenciais, e mesmo assim sermos felizes. Na verdade, o que todas as pessoas sempre buscam nessas tais coisas, é algo que possa dar-lhes sentido de vida. E esse algo, nós temos.

A bíblia diz que Deus revelou sua graça para nos dar a salvação, e salvação para nós significa vida, e essa vida é Jesus.

Quando permitimos que Jesus entre em nossas vidas e permitimos que ele faça morada em nós, o Senhor nos enche com seu Espírito Santo, que nos ensina a viver de acordo com a vontade de Deus. Realmente, é algo inexplicável, só quem vive isso consegue saber como é. E quando o Espírito Santo passa a habitar em nós, as coisas do mundo vão perdendo o sentido, e aos poucos, não sentimos mais falta delas (v.12).

A nossa razão de vida passa a ser Deus. Trabalhar na obra dele e buscar uma vida de santidade se torna um prazer, mesmo que para isso tenhamos que passar por momentos difíceis. Afinal, Jesus sofreu e deu a sua vida para que cada um de nós possa viver. Infelizmente, muitos não aceitam isso. Mas Deus é tão maravilhoso que nos deu a liberdade de escolher. Nenhum de nós pediu que Jesus morresse, mas por amor a nós ele fez isso. E através desse sacrifício, Deus nos dá uma chance, nos oferece vida! Quem escolher aceita-la, receberá pela graça de Deus, basta crer.

By: Josiane Daniel (IEC Vale)


Felicidade (13/02/2011)

“O Senhor dos Exércitos, como é feliz aquele que em ti confia!” Salmos 84.12

Felicidade não é meramente um sucesso ou um sentimento de autorrealização. Como o dicionário Houaiss indica, é “contentamento, satisfação” e, como a Bíblia nos ensina por meio deste salmo de Davi, é fruto de nossa confiança no Senhor. Confiança e felicidade andam juntos, porém isso não significa que haverá ausência de dores e sofrimentos. Pelo contrário, como o próprio Senhor nos ensina: seremos perseguidos, oprimidos, odiados por amor a Ele. Mas vale a pena manter a fé e é aí que aprendemos com nossos irmãos perseguidos. Eles enfrentam qualquer coisa para ter uma Bíblia, para poder conhecer mais do Senhor. Eles sofrem duras consequências por amar a Cristo e se dizem felizes por conhecê-lo. O que conforta a todos nós é saber que essa felicidade é tão real e permanente quanto o amor do nosso Salvador. Não se trata de mais ou menos afrontas, mas de confiar naquele que é fiel. Confie no Senhor, pois nele está a verdadeira felicidade!

By: Missão Portas Abertas


Aproveite a Fervura (06/02/2011)

“…a provação da vossa fé, uma vez confirmada, produz perseverança…” (Tg 1:3)

“Um filho queixou-se ao pai sobre sua vida e sobre como as coisas estavam difíceis para ele”. Parecia que, assim que um problema estava resolvido, outro surgia logo a seguir. Então o pai cozinhou umas cenouras, uns ovos e fez um café; chamou o filho para a mesa e pediu-lhe para experimentar as cenouras. Notou que as cenouras estavam macias. Pediu-lhe que pegasse num ovo e que o quebrasse. Foi novamente obedecido. Depois de retirar a casca, verificou que o ovo endurecera com a fervura. Finalmente, pediu-lhe que tomasse um pouco de café. Ele sorriu ao sentir o seu aroma delicioso e o maravilhoso sabor.

O pai, então, explicou-lhe que cada um deles havia enfrentado a mesma adversidade: água fervendo, mas que cada um reagira de maneira diferente. A cenoura entrou forte, firme e inflexível. Mas, depois de ter sido submetida à fervura, amolecera e se tornara frágil. Os ovos eram frágeis. A sua casca havia protegido o líquido interior. Mas, depois de terem sido colocados na água fervente, o seu interior tornou-se mais rijo. O pó de café, contudo, era incomparável. Depois que fora colocado na água fervente, havia mudado inclusive a água, além de ficar muito melhor. Qual deles é você? – perguntou ao filho. Quando a adversidade bate à tua porta, como respondes? És uma cenoura, um ovo ou o pó de café?

A cenoura parece forte, mas com a dor da adversidade murcha e se torna frágil, perdendo sua força. O ovo, que era maleável, se deixa endurecer. A sua casca parece a mesma, mas por dentro se mostra agora inflexível. Já o pó de café, quando entra em contato com a fervura, altera a cor e o sabor da água. “E o mais impressionante é que, quanto mais quente estiver a água, mais saboroso se torna o café.”

Todos nós passamos por fervuras em nossas vidas. Jesus não iludiu ninguém quanto a isso. Ele disse: “no mundo tereis aflições”. Mas ele disse também que estaria conosco todos os dias, inclusive dentro da fornalha.

Então o importante é não ficarmos lamentando o calor e sim aproveitarmos esses breves momentos de tribulação e nos tornarmos pessoas ainda melhores.

By: Pr. Gerson Moura Martins (IEC Água da Vida — RJ)


O bom tesouro (23/01/2011)

Certa vez um jovem chega até Jesus e lhe faz uma pergunta: Mestre o que fazer para receber a vida eterna?

Talvez pensasse que Jesus viria com coisas impossíveis de se fazer, algo mirabolante, algo que exigisse uma força extraordinária, mas não, simplesmente Jesus Falou: – guarda os mandamentos ( Mt 19.17). Aí o jovem lhe diz: – isso eu já faço e faz uma nova pergunta: Que me falta ainda? E esta resposta de Jesus muda a história deste rapaz – Se queres ser perfeito, vai, vende os teus bens, dá aos pobres e terás um tesouro no céu; depois vem e segue-me (Mt 19.21). Pronto acabou a alegria, a prepotência do rapaz, seu mundo caiu. O que? Dá todo o meu tesouro? Isso não! É meu! Não divido com ninguém.

É isso que muitas vezes acontece conosco, cumprimos todos os mandamentos, mas quando se fala de nossos tesouros guardados… E são estes tesouros guardados que tem feito muitas pessoas se perderem pelo caminho. Você meu amigo, meu irmão, tem algum tesouro guardado?

Tem algo que não queira dividir com alguém?

Que não sejamos como este rapaz, precisamos ser pessoas que saibam compartilhar, dividir, viver num mundo em que o maior tesouro que alguém queira ter é Jesus no coração. Esse sim é o maior tesouro, o tesouro que vai ficar pra sempre.

E escrevendo estas linhas vem a minha mente o corinho que o Pastor David gosta muito:

“Eu tenho um tesouro Eu tenho sim

Eu tenho um tesouro dentro de mim

Esse meu tesouro tem muito valor

Esse meu tesouro é Jesus Cristo meu Salvador!”

Que Deus nos abençoe!

By: Pr Sylvio Sampaio


Entregando nossos temores (16/01/2011)

… Tantas lutas, tantas dores, num deserto pareço estar … Quando falamos de lutas, dores, deserto, isso tudo nos traz medo, inclusive o novo traz um pouco de medo. Jesus é a nossa salvação – Sl 27.1-2

… Mas te entrego meus temores, sei que em Ti Senhor posso confiar. Os que confiam no Senhor … Sl 125. … Quero trazer a memória àquilo que me dá esperança… lembre-se Jesus está com você e é Ele que nos dá garantia de dias melhores.

… Como é bom pertencer a um Deus de amor … não esqueça você é: “nação santa, sacerdócio real, povo de propriedade exclusiva de Deus (1ª Pd 2.9).

Eu descanso em Ti, eu espero em Ti… Vou usar uma frase da obreira Talita: “quando tento carregar tudo com minhas próprias mãos, eu perco tudo, mas se coloco tudo nas mãos de Deus não perco nada.”

Vamos tentar? Não importa o que venha pela frente, não importa as nossas limitações, não importa se ainda somos poucos…

O que importa de verdade é que Deus, o nosso Deus está conosco e com Ele somos mais que vencedores! Rm 8. 37-39.

Vamos entregar nossos temores?

By: Pr Sylvio Sampaio

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s